Novos golpes para roubar sua identidade na internet

Saiba mais sobre alguns ataques de hackers que querem roubar a sua identidade. Esses golpes são cada vez mais comuns e bem disfarçados!

ilustração de golpe de roubo de identidade

Os hackers estão sempre a descobrir novas formas de performar roubos no espaço digital. Estes novos piratas navegam agora o espaço digital e aí querem se apropriar de nossos tesouros.

Por um lado, estamos muito mais avançados, por outro lado, a falta de valores de certos indivíduos continua e eles podem ser mesmo muito criativos e determinados em suas missões. 

Então, seja cauteloso, e tome conta do seu navio, de sua tripulação, sua terra, casa e riquezas. O tesouro que estes piratas que navegam na internet querem agora é a sua identidade. A partir daí, eles podem tomar conta de tudo o que você considera seu!

Fique a par das mais recentes e engenhosas formas que os hackers estão usando para se apropriarem da sua identidade. Educação e informação de qualidade e atualizada é a melhor forma de proteção. Aqui estamos para fazer a nossa parte. Continue a ler e faça o que puder e tenha de fazer para se proteger. 

Verifique também o seu próprio comportamento com a internet. Todo este novo mundo digital traz novas oportunidades e também novos e sutis perigos, como é o caso de se tornar viciado em navegar na internet.

Pois é, faça o que pode para se proteger até de si mesmo. Isso só depende de si. Agora vamos conhecer as últimas artimanhas de hackers. 

Vídeos dão acesso a seus dados biométricos

Mas outras pessoas mal-intencionadas podem estar prestando mais atenção à maneira como nossos rostos estão aparecendo nas mídias sociais. 

Tomando o TikTok como exemplo, só nesta plataforma existem cerca de 10 milhões de postagens com hashtag #EyeMakeup. Quem deseja aprender a melhorar suas habilidades de maquiagem, tem infinitas possibilidades gratuitas online.

Mas a verdade é que esses mesmos vídeos podem expor padrões de rosto, e até mesmo de sua retina e íris – informações preciosas para acessar dispositivos e dados pessoais.

Certos tipos de conteúdo, como vídeos e mesmo mensagens de voz publicados nas mídias sociais, dão a pessoas mal-intencionadas a chance de conseguir a nossa biometria individual e padrões de voz.

E mais. Fotos e vídeos podem expor nossos rostos, retina, íris e, em alguns casos, palmas das mãos e até mesmo impressões digitais. 

Os sistemas biométricos não são usados apenas para validar sua Face ID da Apple. Há vários tipos de tecnologia biométrica e ela está sendo usada em controles automatizados de fronteira, contas bancárias e caixas eletrônicos.

Ao mesmo tempo que as câmeras se tornam melhores, é possível capturar dados que conseguem replicar a íris humana. E o grande risco com a biometria é que não há como substituí-los por outros mais seguros, como se pode fazer com as senhas. 

Precaução hoje, para um futuro seguro

Manter a segurança e a privacidade de dados pessoais e de organizações é fundamental. Devemos nos informar e atualizar nossa educação constantemente e adotar processos digitais que exigem códigos infalíveis, para derrotar ataques cada vez mais inesperados. 

Prevê-se que a tecnologia seja cada vez mais sofisticada e a autenticação biométrica se torne mais suave e rápida, pois ela é considerada uma das formas mais seguras de autenticação de identidade.

E ainda acrescentar a este processo um sistema de dupla autenticação para evitar que hackers acessem suas contas e informações pessoais. Pode parecer demasiadas trancas na porta, mas vai valer a pena e tudo se tornará num novo estilo de vida. 

O roubo de nossos dados biométricos pode ser um risco ainda relativamente baixo, mas ainda assim é uma ameaça real, e é extremamente provável de acontecer no futuro.

Então, a verdade é que os dados estão já disponíveis e vulneráveis de serem descobertos e usados daqui a poucos ou muitos anos. Ao sabermos isto, temos a responsabilidade e a oportunidade de tomar precauções agora para nos proteger no mundo de depois. 

QRishing, mais uma forma de fraude cibernética

Se tem por hábito digitalizar códigos QR que vê, pense duas vezes. Nesse golpe de phishing hackers usam códigos QR para roubar suas informações, instalar software malicioso ou direcioná-lo para um site inseguro.

O QRishing é menos comum do que outros tipos de phishing porque é preciso investir um esforço extra para propagar um código QR malicioso.

É,  no entanto, outra realidade relativamente nova e poucas pessoas estão informadas sobre esta fraude. Os cibercriminosos que preparam e põem em ação esses ataques têm tudo a ganhar com isso, se decidirem investir seu tempo nessa armadilha inteligente.

Como se prevenir contra o QRishing?

Para digitalizar um código QR são precisas somente duas coisas: uma câmera e acesso online para seguir o código QR. Porque todos temos estes dois ingredientes acessíveis tão facilmente, isso quer dizer que também é fácil se tornar uma vítima.

Mas também o pode evitar, porque é simples e está nas suas mãos. Vamos ver como. 

Para evitar esquemas de QRishing, faça o seguinte:

  • Bloqueie o acesso à câmera no seu telefone
  • Desative a abertura automática de links ao digitalizar um código QR
  • Mantenha o software do seu telefone atualizado
  • Evite compartilhar informações confidenciais online 

Se o código QR que digitalizou, o leva para uma página que pede informações pessoais, em particular, senhas ou dados relacionados a formas de pagamento, é preferível parar  para pensar e decidir se é mesmo importante e se pode verificar a autenticidade do website antes de prosseguir.

E-mails de phishing mais criativos 

Os ataques de phishing não são novos, mas a sua forma é cada vez mais elaborada. O termo “phishing” foi mencionado pela primeira vez em 1996.

Entretanto, como havia no  passado, sempre haverá criminosos procurando ganhar dinheiro rápido, elaborando novas formas de ultrapassar a segurança existente. E eles se tornam cada vez mais perfeccionistas e criativos. 

Nestes ataques os hackers usam e-mails maliciosos e sites falsos solicitando suas informações pessoais. Isso pode criar sérios problemas, como perda de dinheiro e roubo de identidade.

O melhor como sempre é se educar. Você não precisa ser vítima de fraude de phishing e de hackers experientes. Saiba como identificar um e-mail de phishing e como criar novos hábitos para manter suas informações seguras.

Como prevenir ataques de phishing?

Para além de se educar, é importante que se mantenha sempre vigilante. Não se precipite a ceder informações pessoais e conheça formas de impedir ataques de phishing:

  • Educação: Esteja consciente de como os golpistas usam ataques de phishing. O treinamento e aplicação de formas de segurança cibernética manterá você atualizado sobre as últimas tendências de phishing e menos vulnerável. 
  • Instalação de software antivírus: o software antivírus ajuda a proteger contra malwares, incluindo ataques de phishing. Além disso, é importante mantê-lo atualizado. 
  • Use um gerenciador de senhas: um gerenciador de senhas automático tem a capacidade de gerar senhas fortes e ajudar a manter seus dados mais seguros.
  • Usando filtros de spam : Os filtros de spam podem ser sua primeira linha de defesa para bloquear um e-mail falso antes que ele chegue até você.
  • Relatórios : Se você receber uma mensagem suspeita, denuncie-a ao seu cliente de e-mail, como o Microsoft Outlook. Você também pode denunciar e-mails de phishing à FTC (Federal Trade Comission) e às autoridades locais .

Seja capitão do seu navio

O crime cibernético é uma ameaça real como os piratas do passado. Usuários honestos e cibercriminosos estão usando o mesmo espaço de navegação e isso torna possível um encontro.

Todos nós temos poder e capacidade de nos defendermos de pessoas mal intencionadas. Faça o que é certo para se proteger e defender seu navio e suas possessões. 

Siga seu instinto e esteja à procura de sinais de alerta, como links suspeitos e demandas ou solicitações urgentes. Projete sempre um pouco mais de esforço e tempo para garantir uma segurança mais avançada e navegue como um bom herói, merecedor de manter seus tesouros protegidos.

Cabe a todos nós fazermos a nossa parte, para criar um espaço digital agradável e seguro.

Créditos das imagens: Freepik.

Jago Guimarães
Paulistano de nascimento e de coração, sou formado em Contabilidade Financeira, pai de pet (do gato Quintino) e me arrisco como redator sobre os mais variados assuntos em minhas horas vagas.
Veja mais