Dicas para vender produtos no WhatsApp

Sim, é possível vender serviços e produtos no WhatsApp. Confira nossas dicas para profissionalizar seu atendimento com o app e gerar mais vendas.

whatsapp

Antes de começar este texto, vamos fazer um exercício muito simples para ter uma noção melhor do que você vai ler nas próximas linhas. Pergunte aos seus amigos mais próximos e familiares se eles usam Whatsapp. De acordo com dados do Facebook, dono do Whatsapp, a chance é de que pelo menos metade das respostas será positiva.

São mais de 42 bilhões de mensagens trocadas diariamente entre usuários, em mais de 1 bilhão de grupos existentes na plataforma. Só no Brasil, o Whatsapp tem mais de 100 milhões de usuários. São números expressivos que provam a força da ferramenta de mensagens mais famosa do mundo.

Com todas as informações acima, fica muito claro que, se você tem um negócio hoje em dia, é praticamente obrigatório ter um canal de contato com o cliente através do Whatsapp. E se o foco do seu negócio é em vendas, a ferramenta tem um potencial enorme para aumentar as suas conversões e, consequentemente, seus lucros.

Agora que você fez este exercício e já sabe que o Whatsapp pode trazer ótimos resultados para o seu negócio, a questão principal é saber como vender produtos por lá.

Nos próximos parágrafos, vamos te oferecer as melhores dicas para vender produtos no Whatsapp. Continue lendo para descobrir todo o potencial de vendas adormecido em seu negócio, esperando apenas uma oportunidade para aumentar os seus lucros.

São dicas valiosas que podem ser aplicadas por empresas de qualquer tamanho, desde que sejam bem feitas e estejam de acordo com os objetivos do seu negócio.

Prepare-se para mudar a forma como você utiliza o Whatsapp no seu dia a dia.

Whatsapp: serious business

O Facebook sempre soube do potencial do Whatsapp. Não foi a toa que Mark Zuckerberg pagou US$ 16 bilhões ou o equivalente a 53 bilhões de reais em 2014. O mensageiro instantâneo já vinha se destacando entre usuários desde 2019, ano de seu lançamento, quando começou a substituir os famigerados SMS’s das operadoras de celular.

Com o número de usuários crescendo exponencialmente, era questão de tempo até que uma das grandes empresas do Vale do Silício fizesse uma oferta pela ferramenta. E quando ela veio, não era para recusar.

De 2014 para cá, muito se questionou sobre como o Facebook exploraria o Whatsapp, principalmente como ferramenta comercial, uma vez que ele se tornou um importante instrumento de comunicação e vendas para muitas marcas.

Tivemos a resposta no início de 2018, com o anúncio do Whatsapp Business, versão corporativa do mensageiro para pequenas e médias empresas com funcionalidades voltadas exclusivamente para o uso nos negócios.

Entre as novas funcionalidades, destacamos algumas como a possibilidade de criar um perfil da sua empresa com informações úteis como endereço, site, e-mail e horário de funcionamento – dados essenciais para passar credibilidade ao usuário na hora de realizar uma negociação.

Além disso, a versão business também oferece algumas métricas úteis como número de mensagens enviadas, mensagens entregues e mensagens lidas. São métricas importantes que avaliam a efetividade do seu atendimento.

ilustração de mensagem recebida
O WhatsApp pode ser a solução para o seu negócio!

Outra funcionalidade que vai ajudá-lo no dia a dia é a possibilidade de criar mensagens padronizadas, que podem servir como um primeiro contato com os clientes.

Mas é bom ficar atento: o grande diferencial no atendimento via Whatsapp, é o atendimento pessoal que o cliente busca. As mensagens automáticas devem servir para situações genéricas como boas vindas ou a informação de indisponibilidade de atendimento, comum em situações fora do horário comercial.

Por fim, esta versão também traz a opção de criar etiquetas ou “labels”, para marcar mensagens e usuários, podendo acompanhar a jornada de seu cliente e oferecer o melhor atendimento possível.

Sabendo das funcionalidades do Whatsapp Business, chegamos à parte que interessa aos donos de um negócio. A parte em que eles se perguntam como podem vender mais e aumentar os lucros usando o Whatsapp.

É para isso que estamos aqui. Para solucionar os seus problemas oferecendo as melhores dicas para vender produtos no Whatsapp.

Continue lendo, pois nos próximos parágrafos você vai encontrar informações que podem dar um novo rumo ao seu empreendimento.

Dicas para vender produtos no Whatsapp

O Whatsapp funciona como qualquer outro ponto de venda do seu negócio. E, da mesma forma que os demais, precisa de planejamento, disponibilidade e uma razão de existir.

A partir do momento em que você decide usar o Whatsapp como uma ferramenta de comunicação do seu negócio, é necessário comprometimento, pois a satisfação do seu cliente ou a conversão de um possível comprador estarão em jogo.

Sendo assim, a nossa primeira dica é a seguinte.

1 – Relevância

Torne o Whatsapp uma ferramenta relevante em seu negócio. Não deixe o número em seu site, cartão de visitas ou assinatura de e-mail apenas como enfeite.

Quando o cliente entra em contato através do Whatsapp, ele espera um retorno. De preferência o mais breve possível. A diferença entre uma venda e um cliente frustrado está no tempo em que você demora para atendê-lo.

Tenha uma pessoa ou uma equipe dedicada ao atendimento via Whatsapp, com bom conhecimento do seu negócio e de vendas. Que saiba falar de maneira clara e correta com o cliente, seja para esclarecer uma dúvida ou para negociar. Seja sempre educado, ágil e cortês.

2 – Gere contatos

Enquanto na primeira dica dissemos para ser relevante com quem faz contato, a dica número dois já é mais assertiva.

Da mesma forma que uma empresa precisa construir um mailing ou uma base de clientes, com o uso do Whatsapp no seu negócio, torna-se essencial gerar novos contatos através de cadastros, formulários ou campanhas de geração de leads.

Deixe claro para os seus clientes/leads que você poderá entrar em contato através do Whatsapp enviando conteúdos relacionados ao negócio, para que o cliente não se sinta incomodado ou pego de surpresa com algum tipo de spam.

Em qualquer base de contatos, o opt-in é essencial. É a autorização que o cliente fornece para que você entre em contato com ele.

mexendo no smartphone
Conheça seus clientes.

3 – Segmente seus clientes

Um cadastro bem feito possibilita segmentar seus clientes de acordo com interesses, localização, faixa-etária e muito mais. Quanto mais bem segmentado, mais fácil trabalhar uma comunicação assertiva e personalizada para o seu público.

O Whatsapp Business ainda não é tão robusto quanto alguns CRMs ou plataformas de e-mail marketing. Mas com criatividade e planejamento, é possível fazer um bom trabalho de segmentação.

Ao capturar os dados de seus clientes, tente salvá-los de acordo com o perfil desejado. Por exemplo, se você tem uma revenda de smartphones, adicione ao lado do nome do cliente a marca pelo qual ele demonstrou interesse.

  • Rafael Barbosa – iPhone
  • Fabio Lobo – Motorola
  • Marcos Bonilha – Samsung
  • Pedro Parque – Nokia

Dessa forma, você consegue criar listas de transmissão para os contatos interessados em cada uma dessas marcas.

Saiba que mensagem mandar, quando mandar e para quem mandar. Essa é a melhor maneira de atingir seu cliente com o que ele espera e deseja da sua marca.

4 – Use as listas de transmissão

Uma das melhores ferramentas do Whatsapp é a lista de transmissão. Ao contrário dos grupos, que podem ser um tiro no pé dependendo de como são usados, as Listas de Transmissão permitem que você envie uma mesma mensagem para até 256 contatos diferentes.

A mensagem será entregue de forma privada para cada um dos contatos, criando uma nova conversa.

Em conjunto com uma base de contatos bem segmentada, as listas de transmissão podem ser uma excelente forma de gerar mais conversões para o seu negócio.

5 – Conteúdo de qualidade

A verdade é que ninguém gosta de receber mensagens aleatórias, seja no e-mail ou, principalmente no Whatsapp.

Para não perder um cliente, envie apenas conteúdos relevantes e de qualidade.

Estude o perfil do seu público, estude suas segmentações e, a partir daí, elabore mensagens, imagens ou vídeos curtos que estejam de acordo com o interesse da sua base. Caso você tenha um blog, compartilhe artigos que façam sentido para a sua base.

6 – Mais relacionamento e menos venda

O Whatsapp é um mensageiro instantâneo. Não é um balcão de negócios. Por mais que as dicas deste artigo sejam para aumentar as suas vendas, lembre-se que, antes de qualquer coisa, o relacionamento é um dos pilares fundamentais para o sucesso de um negócio.

Não tente vender a qualquer custo.

Converse com o seu cliente, ofereça conteúdos que ajudem durante a sua jornada de compra, levando-o através do seu funil de vendas.

Muitas vezes o usuário chega ao seu Whatsapp da mesma forma que chega ao seu blog ou site: ele tem um problema que ainda não sabe exatamente o que é. Sabemos que o seu produto pode resolver essa dor, mas antes disso, relacione-se. Converse. Eduque.

Quando o cliente estiver ciente do seu problema e que o seu produto é a solução, aí sim, parta para a venda.

usando smartphone no metrô
Faça o melhor atendimento possível, o mais rápido que puder.

7 – Whatsapp Web

Você não precisa fazer todas as dicas acima através de um aparelho celular.

Para agilizar o atendimento e facilitar o trabalho, utilize o Whatsapp Web, a “versão desktop” da ferramenta.

É bem melhor digitar em um teclado normal que apenas em um teclado de celular. Além disso, você consegue trabalhar simultaneamente com outras ferramentas, anexar arquivos, buscar outras informações sem deixar o cliente na mão.

8 – Link Direto do Whatsapp

Hoje já é possível criar um “link personalizado”, por assim dizer, que, ao clicar, o cliente consegue enviar uma mensagem padronizada diretamente para o seu número de Whatsapp.

Para criar um link direto para seu número no Whatsapp:

  1. Copie o endereço http://api.whatsapp.com/send?1=pt_BR&phone=5500000000000, parte essencial para criar o link direto. Sem ele, não dará certo.
  2. Coloque o seu número no final do endereço, substituindo todos os ZEROS pelo seu número de telefone. Incluindo o DDD da sua cidade.
    Exemplo: http://api.whatsapp.com/send?1=pt_BR&phone=5511999991234
  3. Insira esse link em botões do seu site, perfis de redes sociais ou call to actions de campanhas de e-mail marketing.

9 – Deixe seu conteúdo ser compartilhado no Whatsapp

Caso você faça um trabalho de conteúdo em seu site, seja através de blog ou outra mídia, ofereça a oportunidade de seus usuários compartilharem os links via Whatsapp.

Por mais que esta dica não seja necessariamente voltada para a utilização do Whatsapp na sua jornada de venda, é cada vez mais comum os usuários compartilharem conteúdos direto no Whatsapp de amigos ou grupos.

Mesmo com o crescimento dessa ferramenta, ter um site ainda é essencial para quem deseja vender mais pela internet.

Conclusão

Como prometemos, oferecemos 9 dicas imperdíveis e infalíveis para você vender produtos no Whatsapp.

São dicas já testadas e comprovadas que tem tudo para ajudar o seu negócio a decolar.

Caso você tenha mais alguma dica, compartilhe com a gente.

Boas vendas!

Deixe seu comentário