Dicas para rankear bem na busca do Google

Quer saber como rankear bem seu site, blog ou loja virtual no Google? Confira as nossas dicas de SEO e melhore seu desempenho no buscador!

busca no google

Ter um belo site, na maioria das vezes, não é o suficiente para ser bem-sucedido no mundo virtual: existem muitas coisas acontecendo nos bastidores de uma página web e é seu dever conhecê-las. Você precisa estar atento para questões como quando publicar, quando e como estar presente ou recuar, quando realizar mudanças ou como melhor utilizar determinada vantagem. Se quiser ter sucesso, você precisará, acima de tudo, possuir uma boa estratégia.

Observe o caso de atletas: seu treinamento é composto de uma série de estratégias, tanto físicas, como mentais. Não importa a que modalidade pertençam, estão sempre estudando. A tática criada pelo basquete brasileiro, por exemplo, é uma tendência atual e que vem sendo bastante utilizada e estudada por outros times. O mesmo pode ser dito dos esportes mentais, como o poker e o xadrez. Nesses, é importantíssimo saber as tendências atuais e conhecer a si mesmo. Na hora de criar o seu site/blog, esse estudo de tendências e busca por conhecimento devem ser constantes. Assim, você poderá avaliar se o conteúdo das suas páginas são relevantes naquele dado momento. Estar por dentro das tendências de mercado torna mais rápidas suas respostas às mudanças, impedindo que seu site/blog se torne obsoleto.

Aliado a uma constante atualização, para obter sucesso você também precisa ser visto e é aqui que entra a importância de estar bem rankeado na pesquisa do Google. 95% dos cliques ocorrem na primeira página de pesquisa. Isso significa que a maioria das pessoas, quando buscam algo online, nem sequer passam da segunda página. Além disso, os três primeiros resultados da pesquisa são responsáveis por cerca de 60% dos cliques. Dessa forma, não é difícil perceber que rankear bem no Google pode ter um grande impacto na visibilidade do seu site/blog e, em consequência, em seu êxito.

google seo

O Google utiliza um algoritmo para estipular a ordem dos sites nos resultados de uma busca e, para que este reconheça o seu e o classifique bem, você precisará entender um pouco do assunto. Search Engine Optimization (SEO) é um conjunto de estratégias e técnicas que contribui para uma melhora no posicionamento de determinado site/blog nos resultados orgânicos do Google ou de qualquer mecanismo de busca. Não é uma ciência exata e existem uma variedade de fatores que influenciam no bom rankamento de um site.

Cuidado com as palavras-chaves: estas, nada mais são, do que os termos que o usuário utiliza para fazer a sua busca. Quando uma pessoa faz uma pesquisa com determinadas palavras, ela espera que a busca lhe retorne resultados exatos. Dessa forma, analise exatamente quais termos resultarão em seu produto/conteúdo. Não se trata de qualquer palavra-chave relevante, mas aquelas pertinentes à sua área de atuação. Além disso, surge a importância de se manter atualizado, pois seu produto e a forma como é descrito através palavras-chaves devem estar alinhados com as tendências do mercado e a demanda dos usuários.

O título é sempre algo que nos chama atenção e, na hora de rankear bem, não poderia ser diferente. Além de um título convidativo, é de suma importância que você também faça uso das mencionadas palavras-chaves. Inserir palavras-chaves no título é uma boa forma de garantir que o resultado devolvido ao usuário seja o mais compatível possível com a maior parte das buscas. É importante lembrar que o Google apenas permite um máximo de 63 caracteres no título. Então, escolha com cuidado palavras que terão maior impacto.

Outro ponto que faz a diferença na hora de rankear bem é um conteúdo de qualidade. Na verdade, mais do que um conteúdo de qualidade, você precisa ter um conteúdo inédito e com boa proporção de palavras-chaves. Procure elaborar as melhores respostas possíveis para o assunto pesquisado, fique atento para a linguagem de seu público-alvo e busque sempre possuir um diferencial em relação à concorrência.

Pode parecer simples, mas o tempo que um site leva para carregar por completo também é um dos fatores que influencia em seu posicionamento. Isso acontece porque sites e blogs muito pesados possuem um impacto negativo na experiência do usuário, tornando-os não convidativos e, consequentemente, não bem-conceituados. No mesmo sentido, o fato de uma página ser ou não responsiva – compatível com os dispositivos móveis – também influencia em seu rankeamento.

Por fim, outra forma de otimizar seu site é com a utilização de links internos. Links internos são aqueles em que você direciona o usuário para outras páginas de seu próprio site. Esse recurso deve ser utilizado, de preferência, nas palavras-chaves mais relevantes, permitindo, assim, que o internauta permaneça mais tempo em seu site e encontre tudo o que procura. Por fim, uma última dica: é de suma importância que os links apresentados tenham relação com as palavras-chaves das quais derivam, caso contrário, você dificultará a navegação do usuário, o que poderá ser prejudicial para a sua reputação.

Receba posts por e-mail!

Digite seu endereço de e-mail para receber notificações de novas publicações por e-mail.

Deixe seu comentário