Como criar e vender sites sem ter experiência

Tenha uma renda extra ou até uma carreira na internet: aprenda a criar e vender sites sem ter experiência e sem precisar investir nada. É grátis!

Criar e vender sites para outras empresas é um processo cada vez mais simples. Você não precisa ter conhecimentos profundos de web design nem de programação para começar na área. Basta ter acesso às ferramentas certas.

Como criar sites sem ter experiência

É claro que a prática leva à perfeição. Talvez os seus primeiros projetos não atinjam a qualidade esperada. Porém, ao testar possibilidades e experimentar layouts diferentes, você começa a dominar a técnica e pode montar um portfolio interessante.

Ou seja, antes de apresentar uma proposta de criação de site a um possível cliente, mantenha a calma. Avalie a sua capacidade de entregar um produto que atenda às expectativas. Se ainda não for a hora, estude um pouco mais. O passo a passo a seguir pode ajudar:

1. Estude como criar sites

Não há como vender sites profissionais se você não conhece o mínimo do segmento. A boa notícia é que, com tanta informação disponível na rede, realizar a tarefa ficou bem democrático.

Em vez de matricular-se num curso presencial e caro, basta acessar aulas online para entender as ferramentas de criação para a web. As lições em vídeo são simples e superdidáticas. Em pouco tempo, você já conseguirá dominar os principais aspectos técnicos e visuais de uma página digital.

2. Faça um modelo de briefing

O briefing é um conjunto de informações sobre o projeto a ser desenvolvido. Devem-se conhecer os objetivos do cliente, seu público-alvo e outros aspectos que possam ser relevantes.

Esses detalhes vão desde as cores permitidas e proibidas no site até os itens que devem constar no menu de navegação. Tudo tem de ser pensado para que a experiência do usuário seja prazerosa. Um portal pesado para carregar, com textos confusos e fotos em baixa resolução, depõe contra a imagem de qualquer empreendimento.

Confira: O que é briefing

3. Aprenda como fazer um orçamento

Cada tarefa a mais costuma pesar no preço do serviço. Elaborar um site responsivo, que se ajuste a qualquer tamanho de tela, pode ser considerado um diferencial. O mesmo vale para a otimização voltada a mecanismos de busca, o SEO (Search Engine Optimization).

Estipule valores para os elementos e monte pacotes diferenciados, do mais simples ao completo. Lembre-se de que, ao criar sites sem ter experiência, você ainda não pode cobrar muito caro pelo produto final. Quanto mais conhecimento prático, maiores tendem a ser as cifras.

Confira: Quanto cobrar pela criação de um site

4. Pense nas imagens

Uma identidade visual forte ajuda a construir a reputação da marca. Ofereça a possibilidade de desenhar um logotipo para o cliente. A figura acaba tornando-se um símbolo de fácil identificação.

Outro cuidado a se tomar é em relação ao uso de fotografias e ilustrações. Geralmente, existem direitos de imagem associados. Isso significa que é necessário pagar royalties para o fotógrafo ou o artista.

A maneira legalmente correta de driblar essa questão financeira é recorrer a bancos de imagens gratuitos. Dessa forma, dá para criar e vender sites bonitos e baratos.

Confira: Geradores de logos

Criar sites é fácil!

Gostou das dicas? Deixe um comentário! E aproveite para ver agora mesmo nossa seleção de modelos prontos de sites. Dê início a uma carreira de sucesso.

Receba posts por e-mail!

Digite seu endereço de e-mail para receber notificações de novas publicações por e-mail.

Deixe seu comentário