6 dicas para vender roupas pela internet

Precisando de ideias para vender roupas pela internet? Confira nossas dicas e veja como é fácil ter um negócio online e loja virtual de roupas!

Todo mundo precisa de roupas! O setor de moda e vestuário é um dos poucos que consegue obter sinais positivos mesmo enfrentando a crise. Isso mostra que vender roupas pela internet pode ser um excelente negócio, principalmente se você já contar com boas opções de fornecedores e parceiros para trabalhar.

Contudo, mesmo que seja um bom segmento para investir, é preciso cautela e planejamento para que o negócio seja bem-sucedido. E para ajudá-los nesse processo, separamos 6 dicas essenciais para todos os empreendedores que desejam vender roupas pela internet. Confira:

Como vender roupas pela internet

1. Redes sociais

Atualmente, as redes sociais são os sites mais acessados pelos brasileiros. Só para ter uma ideia, o Facebook atingiu recentemente o incrível número de 1,94 bilhão de usuários. Isso mostra que, cada vez mais, as pessoas estão utilizando esses tipos de sites para se relacionar, bater papo, ler notícias e, também, comprar e vender produtos. 

Para quem possui um negócio, anunciar no Facebook é uma ótima forma de conquistar clientes e aumentar as vendas. Seja através de anúncios pagos ou por meio de grupos, é possível aumentar consideravelmente as vendas de roupas pela internet.

A dica é começar a anunciar seus produtos em grupos de compra e vendas. Esse tipo de grupo reúne centenas de milhares de usuários, onde a maioria está lá para encontrar ofertas e anunciar seus próprios produtos. O que torna o espaço uma excelente plataforma para fazer negócios.

Entre em grupos que tenham a ver com o produto de seu novo negócio e interaja de maneira natural com seus futuros clientes. A dica principal é não fazer uma divulgação indesejada e intrusiva. Dessa maneira, você poderá afastar os usuários e o efeito da estratégia poderá sair pela culatra.

2. Whatsapp

O Whatspp é o canal de comunicação mais utilizado pelos brasileiros. Atualmente, o aplicativo conta com mais de 120 milhões de usuários – apenas no Brasil! Isso mostra que, além de ser uma excelente ferramenta de comunicação, o Whatsapp possui um grande potencial para ser um canal de vendas.

A dica é utilizar o aplicativo para manter um contato mais próximo com clientes e futuros clientes. Para isso, o primeiro passo a ser dado é criar uma lista de contato. Em seguida, você deverá criar um grupo só com potenciais clientes e outro com o pessoal que já compra com você.

Para potencializar as chances de vendas, o empreendedor deverá criar áudios e vídeos curtos para tirar dúvidas e dar maiores orientações sobre as roupas. Novidades, últimos lançamentos e promoções deverão ser divulgadas utilizando os recursos do aplicativo. Não se esqueça de tirar fotos e colocar os preços das peças nas próprias imagens para que a divulgação seja efetiva.

3. Loja virtual

O setor de comércio eletrônico é um dos mais aquecidos da internet brasileira. Isso porque muitos brasileiros já estão se acostumando a realizar suas compras online. De acordo com um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), cerca de 43% dos usuários fizeram mais compras no ambiente online no primeiro semestre desse ano em relação ao ano anterior. Em um cenário de crise econômica, essa informação é o suficiente para mostrar que criar uma loja virtual para vender roupas pela internet pode ser um excelente investimento.

A dica é escolher uma plataforma e criar uma loja virtual – Saiba tudo sobre o WooCommerce. Em seguida, tirar boas fotos dos produtos e cadastrá-los no site.

A grande vantagem de uma loja virtual é que o empreendedor contará com diversas ferramentas que facilitarão o trabalho de divulgação de seu empreendimento. Além disso, será possível oferecer opções facilitadas de pagamento, o que aumentará – ainda mais – as chances de venda.

4. Catálogo online

Se você não quiser trabalhar com uma loja virtual, poderá utilizar uma dica alternativa (porém menos eficiente): a criação e apresentação de um catálogo online. O empreendedor deverá inserir todas as peças disponíveis em sua loja (ou, então, as mais populares) em um verdadeiro catálogo.

A dica é divulgar essas informações nas redes sociais e através do Whatsapp. Essa forma é menos eficiente do que uma loja virtual. Pois, assim, o empreendedor terá que pensar em formas de pagamento e abordagens além do catálogo, o que poderá dificultar um pouco as vendas.

O catálogo deverá ser online e os clientes deverão ter livre acesso a ele. Não se esqueça se inserir informações de contato e os preços das peças para que facilite a decisão de compra dos futuros clientes.

5. Instagram

O Instagram é a rede social das fotos e é outro excelente canal para conquistar uma audiência e vender roupas pela internet. A dica é postar dicas de looks e utilizar modelos para mostrar como as roupas de sua loja vestem bem. Como essa rede social possui muitos influenciadores digitais, é uma alternativa bem interessante considerar a contratação de um “representante” para a sua marca.

Escolher duas ou três pessoas como embaixadoras de sua marca no instagram é uma estratégia que pode dar muito certo, especialmente se essas pessoas possuírem um grande número de seguidores em seus perfis.

Caso o orçamento esteja baixo, a dica é utilizar brindes (como roupas exclusivas) em troca da divulgação. É uma excelente maneira de impulsionar os números e atrair novos consumidores.

6. Marketing

O marketing é a alma de qualquer negócio e saber aonde divulgar será o grande diferencial para que a sua loja possa se destacar apropriadamente. A dica é investir em links patrocinados e no marketing de conteúdo, especialmente se você estiver administrando uma loja virtual.

Apostar em blogs de moda também é outra excelente maneira de atrair consumidores para o seu negócio. Através de postagens em blogs é possível divulgar ainda mais a sua loja, além de ter a chance de atrair clientes segmentados. O que certamente trará resultados positivos para o empreendimento.

A grande dica é separar sempre uma parte dos lucros para reinvestir em marketing e, assim, manter o fluxo de vendas.


Vender roupas pela internet é uma tarefa lucrativa e que pode render bastante dinheiro. Contudo, é preciso definir os canais certos e saber aonde divulgar pra se ter sucesso.

Ficou com alguma dúvida ou gostaria de compartilhar alguma dica? Deixe um comentário!

Receba posts por e-mail!

Digite seu endereço de e-mail para receber notificações de novas publicações por e-mail.

Deixe seu comentário